online

► Inscreva seu email e receba as mensagens do MomentoVersículos :

Faça sua pesquisa aqui, research

segunda-feira, 30 de março de 2015

O Edifício de Deus (Efésios 2-19,22)


O edifício de Deus (Efésios 2:19-22). Agora, aqueles que foram reunidos como uma família em Cristo estão sendo edificados como um edifício espiritual para Deus. O edifício está fundado no ensinamento dos "apóstolos e profetas", que seguem o modelo de Cristo, "a pedra angular" (2:20). Qualquer ensinamento que não se alinha com o ensinamento de Cristo e de seus apóstolos e profetas não faz parte dos planos para o edifício de Deus!
   
Este edifício está sendo construído para ser um "santuário dedicado ao Senhor... para habitação de Deus no Espírito" (2:21-22). Este é o novo templo de Deus. Neste templo, todos que estão em Cristo têm acesso a Deus, no Espírito.  (Carl Ballard)



Sangue de Cristo (1 Cor 10.16; 11.17)

"O Sangue de Jesus Cristo é o ponto principal do conceito de redenção no NT"



terça-feira, 24 de março de 2015

A benção da conversão (João 16.8)

A conversão é o maior milagre que o ser humano pode viver. Conseguir ter percepção espiritual para converter-se é obra do Espírito Santo; só Ele pode nos revelar claramente que precisamos de Deus e que a vida de pecado nos levará a condenação (João 16.8) Pr. Sérgio Fernandes

sexta-feira, 20 de março de 2015

Gratidão a Deus ( Mateus 6.11-30,34)


Cada cristão foi resgatado pelo amor de Deus manifestado na cruz de Cristo. A nossa gratidão nos motivará a adorar a Deus, viver por ele, e divulgar a boa nova para todos ao nosso redor. Ele merece isso, e muito mais! (Dennis Allan)




DANIEL - Bíblia Sagrada e seus livros


o livro de DANIEL é o 27° livro do Antigo Testamento e o 5° dos últimos dezessete livros do AT chamados de 'livros dos profetas' que contêm as mensagens de Deus anunciadas ao povo.

O livro de Daniel foi escrito em tempos de perseguição e sofrimento para o povo judaico.

Por meio de histórias e de visões, o autor procura explicar ao povo por que eles estão sendo perseguidos e também os anima a continuarem fiéis a Deus.

Chegará o tempo em que Deus acabará com o domínio dos pagãos e mais uma vez Israel será uma nação livre e independente.

O livro se divide em duas partes:

1) Histórias a respeito de Daniel e de alguns dos seus patrícios, que estão vivendo na Babilônia, para onde foram levados como prisioneiros. Eles continuam firmes na sua fé em Deus, obedecem às suas leis, e por isso Ele os salva do sofrimento e da morte.

2) As visões de Daniel, que tratam de vários impérios que aparecem e depois desaparecem.
Essas visões deixam bem claro que os perseguidores serão derrotados e que a vitória final será do povo judaico. (SBB-NTLH)   


BÍBLIA SAGRADA e seus livros (Google+)
Bíblia Sagrada e seus livros  (Facebook)



quinta-feira, 19 de março de 2015

Alegre-se o coração (Salmo 105.3)

A alegria é o estado de espírito do regozijo. Quando damos ênfase excessiva às coisas cotidianas, como dinheiro e prazer, nossa alegria é relativa, pois os reveses sempre ocorrerão. Mas, se nosso coração (alma) busca o Criador, nossa alegria não é relativa, pois Ele é Eterno. Circunstâncias momentâneas podem atrapalhar a sensação física e mental da alegria, mas a paz, o amor e a comunhão que podemos desfrutar com Ele são reais e alimentam nossa alma. Seus feitos são notáveis (Ele criou o Universo, o homem e tudo o que há), seu Amor, incomparável (enviou Seu Filho para nos salvar), sua Santidade, perfeita. Buscá-Lo é querer ser perdoado, mudado e transformado pelo Seu Espírito. Experimente!                                                  (Júlio César Zanluca)


quarta-feira, 18 de março de 2015

PURIFICAÇÃO (1 João 1.9)

A purificação é irmã gêmea do perdão. Deus fornece ambas as coisas quando o pecador deixa de ser hipócrita e se converte (1 João 1.9) - Deus exige limpeza interior (do coração) e exterior (das mãos)!  (Ultimato)

quinta-feira, 12 de março de 2015

INCREDULIDADE? Declare a Jesus! (Marcos 9.24)

A incredulidade honesta e aberta à experiência é a matéria prima da fé. A incredulidade entregue a Jesus, como um pedido de auxílio já é, em si, uma afirmação de crença.
Quando eu declaro minha incredulidade a Jesus e peço que Ele me ajude, estou praticando o mais difícil exercício de fé. Eu creio porque eu sei que, por mim mesmo, não posso conseguir. Eu creio porque, olhando para Jesus, descubro o tamanho da incredulidade que devo entregar a Ele. (Pr Olavo Feijó)

terça-feira, 10 de março de 2015

Bíblia Sagrada e seus livros - 1 CRÔNICAS


BÍBLIA SAGRADA e seus livros

O primeiro livro das CRÔNICAS

é o 13º livro do Antigo Testamento
e o   8º  dos doze livros chamados de livros "históricos"

Os livros de 1 e 2 Crônicas contam novamente os acontecimentos
já registrados nos livros de Samuel e Reis, mas de um ponto
de vista diferente.


A história dos reis israelitas, como aparece nos livros das Crônicas,
tem dois propósitos principais:



1) Mostrar que, embora tivessem caído desgraças sobre os reinos
de Israel e de Judá, Deus mantinha as promesas que havia feito à 
nação e continuava a realizar o seu plano para o seu povo através
das pessoas que moravam em Judá.



Como base para esta afirmação, o escritor conta as conquistas
de Davi e Salomão, as reformas de Josafá, Ezequias e Josias e
fala do povo que continuou fiel a Deus.



2) Descrever o início da adoração a Deus no Templo de Jerusalém e
especialmente a organização do trabalho dos sacerdotes e dos levitas,
que eram os encarregados do culto.



Davi é apresentado como aquele que planejou o Templo e o culto,
embora tivesse sido Salomão quem veio a construir o Templo.

---


ESBOÇO:
Genealogias e listas - caps. 1-9
A morte de Saul - cap. 10
O reinado de Davi - caps. 11-29



sbb/ntlh



segunda-feira, 9 de março de 2015

sexta-feira, 6 de março de 2015

O melhor está por vir! (Apocalipse 21.4)

Os comprados pelo sangue do Cordeiro nunca mais serão afastados da presença do Deus vivo através de "corações maus e incrédulos". Lá estaremos diante do Seu trono e teremos nos tornado na semelhança do Seu Filho. Lá deixarão de se afligir aqueles que, já aqui na terra, se afastaram do pecado  (Wim Malgo)

terça-feira, 3 de março de 2015

Graça, Presente de Deus (Romanos 5.12-21)


Adão e Cristo
Romanos 5.12-21
O pecado entrou no mundo por meio de um só homem, e o seu pecado trouxe consigo a morte. Como resultado, a morte se espalhou por toda a raça humana porque todos pecaram. Antes de a lei ser dada, já existia o pecado no mundo; porém, quando não existe lei, Deus não leva em conta o pecado. Mas, desde o tempo de Adão até Moisés, a morte dominou todos os seres humanos, mesmo os que não pecaram como Adão, quando ele desobedeceu à ordem de Deus.

Adão era a figura daquele que havia de vir, mas existe uma diferença entre o pecado de Adão e o presente que Deus nos dá. De fato, muitos morreram por causa do pecado de um só homem; mas a graça de Deus é muito maior, e ele dá a salvação gratuitamente a muitos, por meio da graça de um só homem, que é Jesus Cristo. (SBB)

segunda-feira, 2 de março de 2015

A mente de Cristo (Filipenses 2:5-11)


Para os santos filipenses servirem bem uns aos outros, deixando seus próprios desejos pelo bem comum de todos os santos, eles teriam que aprender a ser desprendidos. Muitos reinos tinham caído por causa do egoísmo e da ganância. Mas o reino do céu estava estabelecido no serviço desinteressado aos outros. Jesus Cristo -- o próprio Rei -- veio como um servo (vs. 6-7), e serviu a toda a humanidade vivendo sem pecado e morrendo numa cruz. Se Jesus pode humilhar-se para descer do céu e servir os homens, estes podem humilhar-se para descer de seu orgulho e servir os outros. (Carl Ballard)

(foto da internet)


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vem Primavera!!! "Meus planos para vocês: fazê-los prosperar" (Jr 29:11)

Destaques do mês